Dicas de Gestão para o seu Provedor

A maioria do mercado de provedores de internet, responsável por democratizar o acesso à rede no Brasil, é formada por pequenos ISPs regionais.

Ainda que o setor permaneça aquecido, há muitos que ainda não conseguiram atingir um crescimento escalável.

Com a mudança de cenário do segmento, de consolidação, profissionalização e investimento, tornou-se ainda mais necessário maximizar o crescimento, o que só vem a partir de uma gestão mais sofisticada, no nível das grandes empresas.

A Prosper é responsável por turbinar o crescimento de mais de 200 provedores em 20 estados do país, movimento que só é possível pela combinação de conhecimento do setor, experiência com grandes empresas globais, segurança jurídica, parceria com os empresários e as melhores soluções em Fusões e Aquisições e Otimização Tributária. Apenas nos últimos 12 meses, foram quase R$200 milhões economizados e algumas das principais operações de compra, venda ou união de forças do mercado.

Mas sabe onde está a principal força motriz desta combinação de soluções? Na parceria. Reside em estar do lado do empresário e isso passa, necessariamente, por ir além e ajudar na gestão, ajudar a sofisticá-la e a tornar o provedor regional mais pronto, forte e otimizado para enfrentar qualquer cenário.

Por isso, para fortalecer o setor, compartilhamos, aqui, as primeiras 3 dicas básicas de gestão de uma série que publicaremos e esperamos que lhes sejam úteis.

1.Tenha atenção ao fluxo de caixa

Para poder focar neste fundamental item da gestão, registre todas as movimentações financeiras, todas as entradas e saídas de recursos. Esses registros se transformarão em dados e somente tendo precisão e formalização de todo o movimento é que você poderá utilizá-los em análises e projeções.
Os planejamentos “financeiro”, “de investimento” e “de crescimento” dependem de uma formalização e previsibilidade do seu fluxo de caixa, tornando a análise do mesmo uma ferramenta de gestão financeira do seu provedor.

Para isso acontecer, você deve:

a) Não adiar os registros
Estabeleça uma rotina periódica de anotação, se não tiver uma ferramenta de registro e visualização diária. Cumpra esta rotina e não ignore nenhum valor, por menor que seja.

b) Não burlar as datas
Se um cliente atrasar uma mensalidade, não coloque o valor no seu balanço, uma vez que o fluxo de caixa deve refletir a realidade da empresa no período estipulado para a análise, de forma real e não hipotética. Se um cliente rescindir, retire-o do seu controle financeiro. O Inativo deve ser trabalhado pelo comercial, para reconquistá-lo, mas não deve atrapalhar sua análise financeira e nem ser contado em eventual avaliação do valor da empresa por número de clientes.

2. Separe as suas contas das contas do provedor

Misturar o que é pessoal com o que é da empresa é um erro que já vimos até em provedores médios. Suas contas e as da empresa devem ser separadas, com o negócio podendo ser analisado como autossustentável. Ainda que ele nasça de um investimento seu, o provedor se torna uma outra “pessoa” a partir do momento que ele se torna ativo, e a confusão entre você e a empresa, sem dúvidas, gerará descontrole financeiro, menor atribuição de valor por investidores e limitação de crescimento. Defina um pro-labore para você e encare seu trabalho como o de qualquer funcionário, com uma remuneração a partir do que entrega à empresa. Retiradas adicionais devem ser feitas somente a partir do lucro, como for convencionado entre os sócios e de acordo com a política de reinvestimento para crescimento.

3. Não confunda faturamento e lucro

Pequenos empresários, antes de sofisticar a gestão e sem assessoria, podem confundir faturamento e lucro. Quando o seu provedor começa a faturar mais, não significa que você está lucrando mais. É preciso observar como e a que custo o novo faturamento foi atingido, se teve ações promocionais, investimento em pessoal, estrutura e equipamentos. Espere o fechamento do balanço, de posse de dados precisos, para poder verificar o lucro. Ele é que lhe permitirá investir e crescer mais e é a projeção dele que lhe dará a segurança para expandir. Assessorias que lhe permitam lucrar mais, mesmo sem aumentar o faturamento, otimizando o resultado, devem ser consultadas, uma vez que a lucratividade será, sempre, o seu principal motor de crescimento sustentável.

Fique ligado e aguarde as nossas próximas dicas por aqui. Se preferir, pode conversar com um de nossos especialistas para ajudarmos, clicando neste link.

Até a próxima!

Fonte: Assessoria Prosper Capital

Imagem: Image by lookstudio on Freepik

Compartilhe este post
plugins premium WordPress